7 maneiras efetivas de educar bem seus filhos

25 de maio de 2017

Nós estamos sempre em busca de sermos mães melhores para nossos filhos. Isso porque sabemos a importância de educá-los para que possam escolher seus caminhos quando chegar a hora. Nesse mundo com fácil acesso a violência e as drogas, uma boa base educacional é de extrema importância. Por isso conhecer maneiras de educar bem é essencial.

Muitas vezes nós ficamos presos em má condutas, ou porque fomos criados dessa forma ou porque não sabemos qual a melhor maneira de fazer, mas o grande problema é que essas más condutas passam a ser hábitos e fica difícil se livrar delas. Encontrar ferramentas que mostrem uma nova forma de educar e estar disposta as mudanças é imprescíndivel para que elas aconteçam.

Pare para pensar um pouquinho sobre quais são seus hábitos que precisam ser mudados e eu vou te ajudar (com este post e outros também) a criar um plano de mudanças positivas!

Estas são 7 maneiras de melhorar o comportamento dos seus filhos e sentir que realmente você se tornou uma mãe muito melhor!

7 maneiras efetivas de educar bem seus filhos

1. Tire um tempo para aprender

Buscar conhecimento para se tornar uma pessoa melhor é uma ótima forma de melhorar a relação com seus filhos e também de educá-los. Isso que você está fazendo neste exato momento (lendo este post) já é um passo em busca da sua melhora pessoal.

2. Ponha fim a disciplina negativa

Existem diversos estudos que comprovam que filhos que são criados por meio de uma disciplina negativa, ligada a agressão – tanto física como verbal – se tornam adultos com alto risco de envolvimento na criminalidade e uso de drogas. Quando você pune seus filhos, você mostra para eles que esta é a melhor forma de resolver um conflito e na verdade não é.

3. Crie momentos de diversão

É muito importante que você se divirta com seus filhos. Nem sempre estamos com vontade de brincar com eles, mas é importante que a gente encontre formas de darmos atenção plena para eles, nem que seja por 10 minutos ao dia. Então pesquise na internet (aqui no blog colocarei diversas dicas sobre isso), pergunte para as amigas  e crie momento de divertimento entre vocês. Aqui em casa criamos a hora da família e tem sido um grande sucesso!

4. Siga seu coração

A gente sempre sabe que nosso sexto sentido de mãe existe e está constantemente nos avisando do que devemos fazer, mas nem sempre ouvimos. Por isso siga seu coração, ele sempre irá te indicar o melhor caminho.

5. Estabeleça regras ao invés de ameaças

Sabe aquela coisa de dizer “Ou você vai tomar banho ou então…”. Este é um dos hábitos mais difíceis de mudar, mas é importante que seu filho aprenda a obedecer regras sem que seja ameaçado para isso, caso contrário, ele achará que o certo é sempre ameaçar alguém quando se quer algo da pessoa.

6. Ensine que existe consequência e não punição

Seu filho será muito mais comportado se ele aprender que tudo que ele faz gera consequências – positivas ou negativas – e não uma punição. A punição faz com que eles sintam raiva e não aprendam nada sobre aquele comportamento inadequado que eles fizeram. Já as consequências mostram o que acontece quando ele emite tal comportamento e o faz perceber porque da próxima vez deve ter escolhas diferentes. Sem contar que o ajuda a ter mais auto-estima e passa a fazer sentido não repetir o comportamento inadequado.

7. Seja mais paciente

Por experiência própria posso te dizer que quando você começar a aplicar essas maneiras, a sensação é de que a paciência cresceu. Quando você começa a compreender as necessidades dos seus filhos e não apenas querer puní-los, não faz mais sentido gritar ou perder o controle o tempo todo. Faça um teste!

Vale a pena mudarmos pelos nossos filhos!

Eles precisam que nós os ensinemos a viver em sociedade, pois ela não será amorosa ao ensinar-lhes as lições que não aprenderam quando eram crianças.

Se você quer ser avisada de mais conteúdos como este, clique aqui!

Beijos,