Mãe de gêmeos

>

Estava no parque com os meninos e uma moça gravidíssima veio falar comigo. Fez as perguntas de sempre (uni ou bivitelinos, quantos anos, babá ou creche, tratamento ou natural). Respondi a todas e perguntei quando o bebê dela nasceria. Ela disse que daqui a algumas semanas e que não é um bebê que espera, mas dois. E eis a bomba: a grávida de gêmeos me pergunta como é, na realidade, ter filhos gêmeos. Procurei o botão de ejetar e dei um sorriso mais misterioso que o da Monalisa, mas ela continuava olhando e esperando minha resposta. Então disse, palavra por palavra, minha experiência de ser mãe de primeira viagem de gêmeos:

Olha, não é fácil. É uma loucura, para ser mais exata. O que mais pesa não é o trabalho que é ao dobrado, mas o descanso que é dividido. É importante ter uma rede de apoio, principalmente quando eles são recém-nascidos. Vale convocar mãe, irmã, sogra, cunhada e amigas para ajudarem, pode ter certeza que trabalho não vai faltar. É banho, roupa e fralda que não acaba mais. Toda a ajuda é bem-vinda. E o pai das crianças também não pode escapar, tem bastante coisa para ele fazer também. Acho que pai de gêmeos tem que ser quase uma mãe, pegar junto, senão a mãe não sobrevive.
Se uma mãe que tem apenas um bebê já sofre por deixar a vida social e os programas ‘de antigamente’ de lado, uma mãe de gêmeos sofre muito mais. É inegável, é mais difícil programas com duas crianças pequenas. Mas não é impossível. Requer organização, paciência e muito bom humor.
Aliás, bom humor em doses cavalares é super recomendado para mães de gêmeos. Para dar conta das noites sem dormir direito, da irritação pela bagunça da casa e pela conta bancária que insiste em ficar no vermelho. Porque os gastos, minha amiga, esses são absurdos! É tudo duplo (nada passa de um filho para outro) e não, você não consegue desconto. E se você for como eu e tiver gêmeos longe da sua família, terá que contar com pessoas pagas para ajudar. Não interessa se é uma faxina a mais por semana ou uma babá full time, mas a questão é que terá mais gastos do que teria se tivesse apenas um bebê.
Ser mãe de gêmeos é punk. Puro rock and roll. Não é aquela bossa nova de ficar com um bebezinho no colo, sendo só dele por todo o tempo do mundo. Não, o tempo deve ser dividido. E o amor, também? Não, o amor não. O amor, sei lá como, se multiplica em escala exponencial. Não se tira de um pra dar pro outro.
É minha amiga, é trabalhoso ser mãe de gêmeos. Mas só um bebê é tão pouco, né? Cadê a emoção? Cadê a adrenalina? Cadê a cumplicidade nos olhos dos dois bebês? O amor entre irmãos vai sempre existir, mas entre gêmeos o vínculo é mais profundo e lindo de ver. Não tenho como explicar aqui. O cansaço dizem que passa, dizem que a gente esquece os momentos difíceis e fica só com os bons. Minhas olheiras ainda não me deixam esquecer o sono que sinto, mas o amor, ah esse faz a gente ter certeza de que tudo vale a pena e nem é tão difícil assim. É só olhar o lado cheio do copo.

 ———————————————————————————————————

Adorei este texto da Carol Passuello, do Vinho,viagens, uma vida em comum e dois bebês. Ela relata bem como é ter filhos gêmeos! Arrasou mais uma vez Carol! :)
Beijos

Comentários

comentários

  • francieleGalantine

    >Adorei o post…beijocas

  • Liby86

    >Quando comecei a ler pensei que era vc que estava grávida de gêmeos…kkk

    Post legal! Mãe de gemêos tem que fazer tudo em dobro, mas a alegria também é dobrada. :)

    Beijos!

  • Renata

    >Lindo texto!!!!
    BJS

  • Nane

    >Nossa, que post lindo! Você está grávida de gêmeos? A primeira vez que visito seu blog e acredite, vou voltar! beijos!!!

  • Vera Ferreira C

    >Adorei o artigo da Carol Passuello.Ainda não estou gravidar mas estou fazendo tratamento e se que com os remédios que estou tomado posso ter gêmeos,ai que dilema!Estou ansiosa mas fazer o que só esperar.

  • Funny Paper

    >Muito verdadeiro o texto! É, ser mãe de gêmeos não deve ser fácil não, mas que é uma gracinha pra quem vê, isso é…

    Tem novidades no Funny Paper!

    Dá um pulinho lá!

    Bjs

    Sil

  • Mmaranhaofono

    Achei esse texto omaximo ,concordo em tds os niveis. E PUNK SER MAE DE GEMEOS!! PRINCIPALMENTE QDO N SE SE TEM APOIO DA MAE. oS MEUS ESTAO C/ 1 ANO E SETE MESES E ALUTA CONTINUA, MAS E MUITO BOM ACODAR,OPA! ABRI O OLHO ,NE? PQ AGETE NAO DORME, JA ACOSTUMEI, E VER OS DOIS ANDO BEIJINHO DE BOM DIA,DIZENDO – IRMÃO!!!

  • Fabi

    Oi Carol
    Adorei sua honestidade. Tenho um filho de 2 anos e 9 meses e acabei de descobrir que estou gravida de gemeos. Ainda em choque, nao consigo definir qual eh o sentimento em volta disso. Moro fora do Brasil e sem familia por perto. Nao consigo imaginar como vai ser essa nova etapa.
    Dicas serao sempre bem vindas.
    Fabiana

  • Rosediniz74

    adorei! Eu tb sou mãe de gêmeas! E não é fácil mesmo… As minhas vão completar 09 meses. O que nos alegra é o sorriso, pois esquecemos de tudo.Mas tudo vale a pena! Eu tb, não saberia viver sem as minhas 02. Não posso nem imaginar sendo mãe apenas de 01.
    Um gde abraço,

    Rose Diniz

  • SUZANCDIAS_

    meu DEUS,eh bem assim msm ela ai de cima escreveu td k eu sinti e sinto ate hj,rsrsrs
    + eh MARAVILHOSOO NEH SER MAE DE GEMEOS,EH COMPLICADOO EH SIM,SO K AO MSM TEMPOO EH MT BOM!!=))

  • Vaniabarone

    Deve ser complicado ter gêmeos mas é uma benção de Deus e somos realmente especiais…

    Amei o Blog !!! Parabéns
    Meu nome é Margareth moro em São Paulo – SP e estou grávida de gêmeos eu usava o DIU e falhou, estou desempregada e o pai não quis assumir, mas já amo demais minhas bebês, e eu tb quero pedir desesperadamente se algumas mães poderiam me ajudar a me doar ou emprestar o enxoval de seus bebês que não usam mais, pois sei que bebês perdem rápido, aceito qualquer coisa que possam me mandar que será bem vindo, infelizmente na situação que eu me encontro eu não conseguiria comprá-los, sei que Deus vai me ajudar a encontrar pessoas que poderiam me ajudar… Minha gestação é de 20 semanas e eu tenho 49 anos de idade, por favor enviar e-mail para minha irmã vaniabarone@msn.com, pois vendi meu pc para me ajudar a mudar para mais perto da minha familha que são humildes… Conto com a ajuda das amigas se preferirem um numero de conta é Banco do Brasil, agencia: 0813-3, CC.: 57542-9 é a conta da minha irmã…Obrigada e Beijos para todas essas mamães guerreiras, abençoadas e especiais…