Álcool e Gestação: combinação perigosa!

O uso de álcool na gestação é muito perigoso para o feto, não se sabe qual é a dose mínima e segura para ingerir durante a gravidez, portanto o ideal é que a partir do momento que se decide interromper métodos contraceptivos, o consumo de álcool (mesmo socialmente) também seja interrompido.

O álcool passa direto pela placenta para o feto, cujo fígado apresenta um metabolismo mais lento do que o da mãe o que faz com que permaneça na circulação fetal por mais tempo do que na materna, isso pode levar a malformações, prematuridade, comprometimento da inteligência e desenvolvimento neuropsicomotor da criança, abortamento ou a uma condição clínica grave chamada síndrome alcoólico fetal.

O vídeo abaixo esclarece mais sobre o assunto e faz parte de uma campanha contra o uso de álcool na gestação promovida pela APAE de Limeira.

IMPORTANTE: clique no link do “youtube” no rodapé do vídeo para assistí-lo na íntegra!

Qualquer dúvida estou à disposição.

Beijos.



Comentários

comentários