Como fazer o companheiro ser presente e ativo em casa

09 de maio de 2017

Essa último final de semana viajei para SP para participar de dois eventos. O III Seminário Internacional de Mães com palestras ótimas sobre maternidade, filhos, paternidade e diversas outras coisas e o Conexão Master que foi um evento sobre empreendedorismo e liderança que me agregou muito nesse minha caminhada com o blog!

Sempre quando faço esse tipo de viagem, chovem perguntas sobre como faço para viajar sozinha, como as crianças ficam e tudo mais. Apesar de agora elas já estarem crescidas, desde a época em que a Mariah parou de amamentar eu voltei a viajar sempre que precisava e o motivo de ir tranquila é que meu marido sempre foi muito participativo e nunca o ajudante. Então ele divide as tarefas diárias das crianças e da casa comigo, faz o que for preciso e desta forma, quando surge alguma viagem, vou tranquila. Eu sei que meus filhos estarão bem cuidados, eu sei que ele dará conta de tudo.

O que eu faço de diferente é se caso as crianças estiverem tomando algum medicamento, eu escrevo na porta da geladeira para que ele não esqueça os horários e a quantidade de cada, mas de resto, não preciso falar, preparar ou organizar nada. Ele simplesmente sabe o que fazer.

Você pode estar pensando: “e como você fez para seu marido ser assim?”

Parece uma pergunta meio óbvia, já que todos os homens deveriam entender que filhos e casa são responsabilidades mútuas, né? Mas eu sei que na nossa sociedade machista não é bem assim que acontece! Por isso, desde quando casei deixei claro que as tarefas de casa seriam de nós dois. Eu posso até fazer algo “a mais” que ele pela minha disponibilidade de trabalhar homeoffice, mas ele sempre soube que teria sua parte também. No começo estipulávamos as obrigações de cada um, mas com o tempo fomos nos tornando uma equipe e fazemos o que for necessário para o bem estar de todos. Então quando as crianças nasceram, foi automático que os afazeres com elas também seriam de nós dois, desde as trocas de fraldas, até a educação.

Se você quer uma dica muito importante sobre isso, lembre-se: a família é um time só. Ninguém joga em time oposto. Se estiver jogando, tem algo errado. Caso você sinta que na sua casa cada um (incluindo os filhos) estão em times diferentes, faça o seguinte:

mah3

Como fazer o companheiro ser presente e ativo em casa

  • Escreva em um papel tudo que você gostaria que fosse diferente

Lembre-se de colocar os itens pensando que os problemas de um relacionamento NUNCA estão de um lado só. Das coisas que precisam ser mudadas, o que tem culpa sua? O que você pode melhorar? Peça para seu marido (e filhos se for o caso) fazer o mesmo, mas não fique cobrando, diga uma vez e pronto.

  • Chame todos para uma boa conversa

Se seus filhos já tem idade para entender, ótimo, se não, deixe que a conversa seja só com seu companheiro. Antes de mais nada, diga que a partir daquele momento vocês serão um time só e que precisam jogar juntos para vencer, por isso não haverá brigas nesta conversa. Peça a lista do que ele gostaria que fosse diferente e se caso ele não tiver feito (sabemos que tem grandes chances, né?) peça para que ele fale então o que não está bom. Você poderá começar falando para que o ajude a pensar sobre. Diga cada item pausadamente e o que vocês juntos poderão fazer para mudar aquilo. Pergunte o que ele acha, quais são suas ideias a respeito. Não é fácil assumir a culpa, mas lembre-se que jogar a culpa toda para o outro fará com que ele não se sinta do mesmo time que você, por isso fale o que gostaria que ele mudasse e o que você também fará com relação a cada item. Essa não será uma conversa fácil. Prepare-se.

É importante que ele entenda que a ideia é todas ficarem em harmonia e que para isso precisam chegar em acordos acessíveis. Veja o que é possível mudar, comece aos poucos. Se seu companheiro nunca varreu a casa, nem lavou a louça, não adianta você exigir que ele comece a fazer tudo da noite para o dia. Comece com pequenas coisas. Elogie quando ele fizer, ajude-o. E faça você o mesmo com as coisas que ele gostaria que você fizesse e não faz.

A ideia aqui é que vocês se tornem verdadeiramente um time.

  • Relembre os combinados

É bacana que de tempos em tempos (veja o que se adequa melhor a realidade de vocês) você o lembre das novas regras e que você também se dê conta disso. Pense no que dá para fazer melhor.

  • Pense como um time

No começo pode ser que seja bem difícil, mas se force a enxergar a relação de vocês como um time. Ele não lavou a louça de hoje? Lave sem dizer nada, mas não torne isso um hábito, faça algumas vezes para que ele perceba que você está ali como aliada, mas que a obrigação continua a ser dele. Escolha suas brigas: não brigue por qualquer coisa, pois isso gera um desgaste enorme, se for para brigar, decida o que realmente vale a pena.

  • Comemore os progressos

Chame a família para comemorar juntos. Façam algo que todos gostem e deixe claro que estão comemorando os avanços, harmonia e a oportunidade de se reestruturarem como família!

Ver uma família como um grande time faz com que a harmonia cresça e a felicidade comece a fazer parte da vida de todos!

Espero ter ajudado com as minhas dicas!!

Beijos,