Minhas maiores dificuldades como mãe

28 de abr de 2017

As maiores dificuldades que já passei sendo mãe são muitas. Você pode pensar: “Nossa Má, você não consegue ver o lado bom?” Claro que consigo, sempre vejo e posto aqui, mas quando olho para as dificuldades, me sinto agradecida por ter aprendido a transformá-las em crescimento e também sei que posso ajudar outra mães, ou então acalentar corações desesperados sabendo que não estão sozinhas!!

Bom vamos lá!

14513802_10210570813417758_1408060186_o

Minhas maiores dificuldades como mãe

  • Adaptação da vida de mãe

Quando Vítor nasceu foi que eu descobri o que era ser mãe, e gente, não foi naaada do que eu pensava. A adaptação aconteceu de forma muito rápida, mas foi bem doloroso ter que amadurecer tão depressa! Se preparar para o pós-parto é essencial e teria me ajudado muito. Com a Mariah foi bem mais tranquilo e hoje aconselho a todas as novas mães a fazerem o mesmo. Preparem-se!

  • Educar

Como é difícil educar os filhos!! Continua sendo e sempre será, mas agora parei de querer “lutar”contra isso. É difícil, é, tem que fazer, tem, então bora aprender como fazer da melhor forma e ser feliz!!

  • Não poder dar atenção ao Vítor quando Mariah Nasceu

Essa foi uma dificuldade que falei pouco, mas quando Mariah nasceu eu tive uma dificuldade enorme de ter que me “afastar”do Vítor para cuidar dela. Digo me afastar, porque ela precisava mais de mim e precisei deixar o Vítor se virar mais sozinho. E doeu. Quando eu percebia que ele me queria e eu não podia dar a devida atenção, eu chorava escondido. Não foi fácil, mas consegui facilmente lidar com essa sensação ruim e trilhar o melhor caminho para todos nós.

  • Alimentação

Eu nunca tinha cozinhado nem feijão, então precisei aprender como fazer coisas que fossem saborosas e nutritivas para as crianças. Dentro dessa dificuldade, também tenho com relação a Mariah que é bem seletiva no que come. Vítor come de tudo, mas ela não, tem fases. Essa dificuldade ainda preciso aprender a lidar.

  • Sono da Mariah

Quando Vítor tinha 2 anos decidi ensiná-lo a dormir sozinho, já que logo a Mariah chegaria e poderia ser um transtorno. Em 3 dias ele estava dormindo sozinho, foi super tranquilo e até hoje é assim. Já com a Mariah, comecei a ensiná0la quando era bebê, deu super certo, mas devido as nossas mudanças de casa ela desaprendeu e tudo se enrolou. Até hoje (ela já está com 3 anos!!) tenho dificuldades com isso. Tem dias que ela vai para cama e dorme sozinha numa boa e dias que faz um escandalo se não formos ficar um pouco com ela. Ainda bem que minha amiga e consultora do sono Cacau Prado está me ajudando nessa empreitada, porque tem sido bem cansativo.

  • Ser mais rígida com a Mariah

Vocês tão notando que algumas dificuldades estou tendo só com a Mariah? Eu acredito que bastante disso é porque com o Vítor sempre fui mais rígida, no sentido de falar que ele deveria comer aquilo e pronto. Com a Mariah já sou mais “mole”acabo aceitando com mais facilidades as coisas que ela faz, mesmo sabendo que não deveria. Tenho me policiado com relação a isso!!

 

Acho que por hora está bom de dificuldades, né? Lembrando que essas são “as maiores”.

E vocês, quais dificuldades tiveram ou continuam tendo?

Beijos,