Parto Humanizado

Tem se falado muito sobre partos humanizados, em como são importantes e como as mulheres devem ter filhos assim, mas afinal o que é um parto humanizado?

parto humanizado

No site Amigas do Parto, encontrei informações muito legais sobre ele. Lá diz que o Parto Humanizado é muito mais do que um parto feito por seres humanos, como definem alguns, ou o direito a uma vaga em maternidade, ou o direito a seis consultas de pré-natal. Humanizar o parto é dar às mulheres o que lhes é de direito: um atendimento focado em suas necessidades, e não em crenças e mitos.
Para entender melhor, ela criaram uma tabela com intervenções que ainda são feitas, apesar de não serem nada humanas.
(Não to conseguindo por a tabela! Quem quiser visualizá-la clique aqui)
Por que se fala tanto hoje do parto humanizado, sendo que ele deveria ter sido sempre feito? Acredito que as coisas evoluem com o tempo e muitas ideias do que deveria acontecer em um parto, hoje foram por água abaixo, fazendo com que as questões sobre a humanização estejam cada vez mais presentes em hospitais, onde os pacientes devem ser vistos como pessoas e não como números, como muitas vezes ainda acontece.
O parto humanizado nada mais é do que o direito da mãe e do bebê de serem tratados da melhor forma possível e com maior dignidade. Ele pode ser feito em hospitais e também em casa, onde a humanização estará mais presente.
Muitas mulheres tem medo de terem parto normal (eu sou uma delas), talvez por terem a ideia do parto normal ser algo horrível, onde só há dor e sofrimento. Conhecendo melhor o parto humanizado, percebi que este momento pode ser algo muito além disso, fazendo com que se torne um momento inesquecível na vida de uma mulher.
Beijos,

Comentários

comentários

  • Alê

    >Eu tbm sou uma das que tem medo! Muito mesmo! Claro que não queria que meu bebê fosse forçado a sair do seu lugarzinho quentinho antes da hora. Claro que eu quero que ele saia na hora em que estiver preparado, naturalmente… nada de forçarem sua saída. E assim que ele sair venha para os meus braços imediatamente. Nem que seja um pouquinho… Nada de levarem pra outro local e só depois eu ver meu filho. Não! E por mais que esteja traumatizada com tudo o que vi no youtube (Conselho: e tens medo não veja…dá mais medo ainda), li na net…eu vou tentar sim, pois o amor pelo meu filho (a) já é incondicional. E com certeza, se houver algum risco para o bebê, o meu GO irá recomendar a cesárea e eu aceitarei de bom grado, mas tbm por amor ao meu filho. Mas já sofro tbm só de pensar no pós-operatório, nas dores… Afff afff afff rsrsrrs. Beijocas.
    http://www.minhaprimeiragravidez.com

  • Futura maman gateira

    >=) Aie eu ja sou ao contrario, queria muito ter parto normal, pq a dor é passageira so naquele momento mas a recuperação é bem mais rápida do que a cesaria e não fica com cicatriz na barriga.

  • le petit con chocolat

    >Mari, você conhece o trabalho da Dra. Silvia Caires, daqui de Uberlândia??? Vale a pena conferir!!! Ela escreve pra gente nesse site http://mulheresegestantes.blogspot.com
    Bjs

  • Denise Cardoso

    Oi Mah! Adorei o post! Me fez pensar numa coisa… muitas de nós compartilhamos o medo do parto normal… é o medo do desconhecido, da transformação, de algo que não tem volta… mas é muito raro ver alguém dizendo que tem medo da cirurgia… muitas vezes a cirurgia é algo desnecessário e que aumenta os riscos de morte para mãe e bebê, tem várias complicações maiores que o parto normal. Esse medo da cirurgia, se não existe, deveria existir, mas não é valorizado quando o medo da dor do parto.
    Que sejamos felizes em nossas escolhas, especialmente se pensamos na saúde e benefícios para os nossos bebês e corpos.
    Um beijo
    Denise