Previna problemas de comportamento ensinando sobre sentimentos ao seu filho

21 de jun de 2017

Sentimentos não são coisas fáceis de se ensinar, já que muitas vezes nós mesmos não sabemos lidar com que sentimos. Mas é importante que nossos filhos aprendam sobre eles, pois desta forma estaremos prevenindo problemas de comportamento como agressividade, agitação, entre outros.

Muitas vezes nos sentimos frustrados tentando ensinar algo e parece que eles não aprendem, pode ser que na verdade não estejamos prestando atenção aos sentimentos deles ligados ao mal comportamento. Ensinar os filhos sobre seus sentimentos fará com que sejam emocionalmente mais fortes e ajudará a prevenir conflitos, uma vez que eles terão mais clareza sobre o que sentem e poderão nos dizer a respeito.

 

Previna problemas de comportamento ensinando sobre sentimentos ao seu filho

  • Ensine palavras simples que demonstrem sentimentos

Comece ensinando seu filho palavras que demonstrem felicidade, tristeza ou raiva. Sempre que vocês estiverem vivenciando estes sentimentos, diga para ele o nome deles, assim rapidamente ele saberá verbalizar quando se sentir destas formas. Conforme for crescendo poderá aprender sentimentos mais complexos, como frustração e desapontamento.

Esteja atento para dizer não somente sobre os sentimentos dele, mas sobre os seus também. Desta forma você também ensinará que adultos tem sentimentos bons e ruins como ele e que precisamos aprender a lidar com isso.

  • Crie oportunidades para falar sobre sentimentos

Mostre para as crianças como elas devem usar as palavras sobre suas emoções no dia a dia. Fale sobre seus sentimentos e ensine como eles devem falar sobre os deles. Pergunte como eles se sentem no dia ou como foi o dia anterior. Diga como eles parecem se sentir em determinados momentos, por exemplo: parece que você ficou muito feliz de saber que vamos viajar! Estou certo?”.

Uma outra forma de ensinar sobre sentimentos é com livros e desenhos. Você pode parar no meio da história e perguntar o que ele acha que o personagem está sentimento e conversar a respeito, de forma objetiva e rápida.

  • Ensine como eles devem lidar com suas emoções

É importante ensinar as crianças como elas devem lidar com seus sentimentos, pois desta forma aprenderão que, por exemplo, não é porque estão bravos que tem o direito de agredir – verbal ou fisicamente – alguém. Com o tempo, conseguirão pensar em maneiras de resolver os conflitos de forma pacífica.

Incentive seu filho a ir para algum lugar se acalmar antes de tomar atitudes perante sentimentos ruins. Uma ótima maneira de fazer isso é você mesmo agindo desta forma quando se sente bravo por algo que seu filho cometeu. Você pode utilizar uma forma alternativa ao castigo, que eu dei o nome de cantinho da calma, onde você dá como opção que ele vá para esse cantinho (criado antes por vocês com brinquedos mais tranquilos, como blocos de montar ou papéis para pintar e desenhar) e se acalme para que depois vocês possam conversar. Mas lembre-se: este lugar deve ser uma sugestão e não uma ordem, se não vira castigo e não tem efetividade.

Crianças que não sabem lidar com sentimentos ruins como a tristeza ou a frustração, terão a tendência de serem agressivas e “colocar para fora” o que sentem de maneira inadequada. Comece com você e ensine mostrando como eles devem lidar.

  • Reforce os bons comportamentos sobre emoções

Toda vez que seu filho agir da maneira correta expressando seus sentimentos e tomando atitudes adequadas reforce isso elogiando e apontando esses bons comportamentos.

Mostre as consequências positivas daquela atitude e deixe que eles percebam o quão bom foi ter expressado suas emoções da forma certa.

Não se esqueça que as crianças aprendem muito mais com o que fazemos do que com o que falamos, então seja exemplo, mostre que você sabe lidar com seus sentimentos e que é possível que eles lidem também. Desta forma você terá filhos mais comportados e com menos problemas de agressividade.

Se inscreva na minha lista VIP e receba conteúdos exclusivos sobre educação de filhos: QUERO APRENDER A EDUCAR BEM

Grande beijo,