3 anos do Vítor

17 de out de 2014

Filho, hoje você completa seu terceiro aniversário! Como o tempo passou voando!! Até os 2 anos eu te considerava um bebê, mas depois parece que você cresceu tanto!

Esse ano foi mais especial para nós, pois a Mariah chegou e você me mostrou o quanto poderia crescer e amadurecer em tão pouco tempo. De um bebê você passou a ser um menino, um irmãozão! Cuida dela como eu nunca imaginei e demonstra um amor sem fim pela sua irmã! Como é bom ver a relação de vocês!!

Esse ano também descobri que seu coração é muito maior do que eu pensava. Que você se preocupa com as pessoas e sente uma necessidade enorme de abraçar e dizer o quanto você gosta delas! Eu amo isso em você! Não perca este jeito nunca!

Esse também não foi um ano fácil. Tanto pela sua fase de crescimento, quanto pela chegada da Mariah, você precisou muito mais de mim do que antes. Nessa fase mais turbulenta foi que eu percebi o quanto eu precisava estar presente na sua vida e te mostrar quais são os seus limites.

E como você me testou!! Tinha momentos que eu pensei que eu ia enlouquecer, filho, mas fiquei firme e forte, pois sei que só assim é que você vai aprender ser uma pessoa do bem.

3 anos

Foi dos 2 para os 3 anos que você aprendeu a falar praticamente tudo direitinho, mas às vezes ainda solta umas “pérolas” impagáveis! É tão lindo te ver conjugando os verbos ou então me perguntando “o que é isso mamãe?”.

Falando em perguntas, você também não para de me perguntar o “por que” das coisas. Muitas vezes eu não sei a resposta, mas tento, de toda forma, dar uma resposta que te satisfaça. Não é fácil! Geralmente você quer saber mais e mais!

Todo mundo sempre falou o quanto você é fisicamente parecido comigo, mas este ano descobrimos que não é só a aparência que você me puxou. Tem o mesmo jeito de falar e é tão friorento como eu. Tem sorriso fácil e por isso pensei que seria bem extrovertido,assim como seu pai, mas mais uma vez me mostrou  o quanto puxou a mim: é tão tímido! Quando chega no lugares fica na sua, agarrado nas minhas pernas, até se ambientar e se soltar.

Eu amo seus olhos e quando me abraça. Amo quando fala que está com vontade de mim e quando demonstra seu amor por sua irmã. Você é uma criança fantástica, filho e mesmo quando eu acho que não tem como eu te amar mais, chega o dia seguinte e sinto meu coração com muito mais amor por você!

Como serão seus 3 anos? Espero que repleto de alegrias e aprendizagens!

Parabéns, meu amor!

Beijos da mamãe,