A maternidade como ela é

10 de abr de 2013

 

Eu sempre adorei escrever, principalmente porque consigo me expressar melhor do que falando. Quando fiquei grávida e depois me tornei mãe, comecei a escrever, da forma mais sincera possível, sobre essa minha nova vida.

Vida nova essa que não é tudo lindo e colorido. Por exemplo, agora me veio uma super inspiração para escrever este post, mas nesse exato momento Vítor acordou e me chamou. Óbvio que vou terminar de escrever o post depois e rezar para a inspiração não ter ido embora.

Mas continuando (algumas horas depois…), a maternidade pra mim é algo super complexo. Tudo bem, eu já sabia que não era só um mar de rosas, mas juro que não fazia ideia que seria tão difícil.

Difícil porque mudamos nossa vida inteira, nossa rotina, nossa modo de viver, por conta de um bebê que depende 100% de nós. Confesso que não foi fácil esta transição e que no início parecia que eu ia enlouquecer.

Eu já falei diversas vezes sobre esse lado b da maternidade aqui no blog e hoje estou explicando um pouco do porque tenho sido tão sincera. Eu penso que se eu soubesse o trabalho que daria, teria me preparado melhor para ser mãe. Claro que a gente acaba aprendendo mesmo na prática, mas tudo que eu li na gestação falava das fases, de como trocar fraldas, dar banho, fazer dormir, mas nunca lia nada falando das dificuldades.

Coisas do tipo “você vai ficar exausta”, “não dormirá mais tão bem”, “às vezes vai se desesperar”, “pode ser que você queira chorar”, etc, nunca tinha lido. Por isso, sinto uma enorme vontade de falar sobre isso, de mostrar para as outras mulheres e gestantes esse outro lado de ser mãe. Mostrar que elas não estão sozinhas neste barco das dificuldades. Não quero de forma alguma desanimar futuras mães, quero sim mostrar que os obstáculos são grandes, mas que tudo compensa.

E claro que não são todas as mães que passam por tudo o que passei e ainda passo, pois cada pessoa, cada experiência, é uma. Amo receber e-mails contando novas histórias, casos bem diferentes do meu, isso enriquece demais. Essa é a proposta do blog, falar de forma clara e bem aberta sobre a maternidade de forma geral e não somente as coisas boas – e que tudo mundo já sabe – que acontecem.

Quero que vocês saibam que aqui encontrarão muitas e muitas experiências positivas, fatos e histórias reais de alegria e perseverança, mas também lerão experiências e histórias de dificuldades, persistência e muito, muito amor!

Vocês devem ter notado que eu modifiquei a frase que representa o blog (o slogan) e foi exatatmente por tudo isso que acabei de escrever que optei por esta mudança, pois eu sempre vou deixar a sinceridade falar mais alto e falar da maternidade como ela realmente é.

Quero aproveitar para reforçar que se você quer contar sua história, pedir um conselho, dar sugestão, ou o que for, meu e-mail está sempre aberto para isso: mah@vidadegestante.com.br

Beijos,