Bagunça na hora de comer [publieditorial]

27 de jun de 2013

Desde que o Vítor começou a comer as papinhas, com 6 meses, eu o acostumei com o cadeirão de alimentação. Achava mais prático do que no carrinho ou em qualquer outro lugar. Por isso, conforme ele foi crescendo, comecei a deixar ele brincar com as comidas.

Uma nutricionista amiga falou que era importante que os bebês conhecessem a textura dos alimentos e pudessem ver que cada um tem uma diferente.

Só que claro que por conta disso sempre foi a maior bagunça na hora de comer, né? Ele ficava todo sujo, lambuzado e me dava uma preguiça enorme de limpar tudo aquilo. Não era toda dia, mas achava importante ele ter esse tipo de experiência, mesmo com toda sujeira.

bagunça na hora de comerO bom do cadeirão é que é relativamente fácil arrumar a bagunça. Hoje ele ainda não come sozinho, apenas as frutas que eu corto em cubinhos e ele pega com as mãos. É engraçado, porque mesmo eu dando pedaços grandes, ele vai cortando com a boca até ficarem bem pequenininhos e depois é que ele come.

Uma vez conversando com uma amiga, ela me falou sobre nunca ter deixado o filho fazer bagunça na hora de comer e que hoje ela se arrependia, porque ele tinha nojo de pegar qualquer alimento nas mãos.  Não sei se Vítor também teria nojo, caso não brincasse com a comida, mas de qualquer forma não vou arriscar.

Geralmente, quando estamos na casa de alguém ou em restaurante, ele fica mais comportado, porque não tem acesso livre às comidas como em casa. Eu acho que tem lugar para tudo, inclusive para a bagunça no momento da refeição. Imagina ele sujando toda a mesa e o chão do restaurante?

Como vocês lidam com essa questão da bagunça na hora de comer? É fácil controlar ou vocês também tem dificuldades?

Beijos,

bagunça na hora de comer

bagunça na hora de comer