Células-Tronco, armazenar ou não?

25 de abr de 2011

Vocês sabiam que já é possível coletar e armazenar as células-tronco existentes no cordão umbilical do bebê?

Eu conheci esta técnica quando minha cunhada ficou grávida, pois meu irmão quis guardar as células-tronco da Alicia. Pra quem ainda não está familiarizado com este assunto, vou explicar um pouquinho.
células-tronco

O que são células-tronco?

São células que ao se multiplicarem tem a capacidade de dar origem a todos os tipos de células que formam os diferentes tecidos do corpo humano. Por esta característica, as células-tronco são capazes de regenerar órgãos e tecidos, promovendo a recuperação dos mesmos.

Para que servem ?

Para tratar de mais de 70 doenças do sangue e mais de 200 doenças degenerativas de outros órgãos já estão sendo testadas e com resultados positivos surpreendentes.

Por que devemos guardar o sangue do cordão umbilical?

Por ser uma das melhores fontes de Células-Tronco. Por ser uma célula que ainda não sofreu nenhuma influência de fatores externos (estresse, tempo, medicamentos, infecções, alterações de temperatura), tem demonstrado expressiva vantagem em sua eficácia terapêutica no tratamento de inúmeras doenças.

Como se coleta o sangue do cordão umbilical?

É uma coleta simples e indolor tanto para mamãe quanto para o bebê e não interfere em absolutamente nada nos procedimentos rotineiros do parto. O sangue do cordão é coletado em sistema fechado, protegido de contaminação, sendo retirado por meio de punção da veia umbilical. É realizado no centro obstétrico após a retirada do bebê, e do corte do cordão umbilical. É realizada a assepsia do cordão pelo obstetra que realizará a coleta e o mesmo puncionará a veia do cordão umbilical que estará ainda ligado a placenta dentro do útero, ou não. Todo material é acondicionado em uma caixa de transporte de material biológico e encaminhado para o laboratório onde será processado e criopreservado a -196ºC.

Como são armazenadas?

Dentro de bolsas (dependendo do laboratório pode ser em somente uma) criogênicas a -196°C.

Qual a validade das células?

Atualmente já existe sangue de cordão congelado por 20 anos e com a nova tecnologia utilizada poderemos congelar infinitamente.

Quem poderá utilizar essas células?

Além da compatibilidade de 100% com o bebê que foi coletado o material, pais e irmãos tem grandes chances de serem compátiveis com as células também.

Quantas vezes poderão ser utilizadas?

Depende do laboratório, da quantidade de bolsas que foram utilizadas para o armazenamento.

Qual o valor médio?

Cada laboratório tem um custo, mas a média é de R$4.000 para fazer a coleta e R$600 por ano para manter armazenado no laboratório.

Fonte: BCU e CCB.

Encontrei 3 laborátorios que fazem isso no Brasil, o
CordCell , o BCU e o CCB !

Nós ainda não decidimos se vamos colher ou não as células-tronco do nosso bebê. Não há dúvidas de que as vantagens são enormes, mas pesa no bolso, né?

E vocês, já pensaram sobre isso? O que decidiram?

ATUALIZAÇÃO: A ANVISA lançou uma cartilha falando sobre as células-tronco e seus reais benefícos! Vale a pena ler antes de decidir!

Beijos,