Como eu era antes de vocês

09 de nov de 2016

Me lembro de estar deitada no sofá me sentindo cansada pelo dia cheio que tinha tido. Eu achava que minha vida era exaustiva e terminava o dia com a sensação de que nunca tinha tempo para ficar à toa.

Tinha dias que eu me sentia tão cansada que chegava da faculdade – que era de manhã – e dormia, sem nem almoçar. Às vezes dormia até de noite! Mesmo assim, achava que tudo bem, era legal ter aquela vida!

Apesar de estudar e fazer estágios, minha vida era sempre cheia de lacunas que eu não percebia e por isso acreditava ter dias muito agitados. Eu adorava minha liberdade de ir e vir, mas principalmente de não ter que me preocupar com nada, a não ser comigo mesma.

Eu não tinha amigas que eram mães, não tinha contado com bebês e por isso não sabia como era, de fato, ser mãe. Eu sempre sonhava com o momento em que teria vocês na barriga e depois aqui do lado de fora, mas nunca, nunquinha tinha pensado no que mudaria a minha vida.

De repente vocês chegaram, primeiro o Vítor e algum tempo depois a Mariah e me fizeram olhar completamente diferente para a minha vida. Não só a de agora como a de antes também. O que eu fazia com tanto tempo vago? Por que não aproveitei para ler mais, fazer novos cursos? E o dinheiro? Com que eu gastava que não tinha poupado quase nada?

casais fazem

Eu não sabia as respostas, mas estava bem compenetrada em começar a prestar atenção para o meu presente. Percebi que antes de vocês eu ficava muito concentrada no futuro, em como as coisas seriam e é por isso que hoje tenho dificuldade de me lembrar de como era meu dia a dia. Porque eu simplesmente não prestava atenção nele.

E eu não quero que isso aconteça lá no futuro. Quero me lembrar dos nossos dias juntos, das brincadeiras que fazemos e dos nossos momentos.

Quero me lembrar do Vítor que todos os dias sobe na mesma pedra e diz “Sou príncipe da mamãe!!”e me manda beijos. Quero me lembrar do primeiro dia em que a Mariah começou a me chamar só de “Mãe”, porque segundo ela mesma, agora é menina moça. Quero lembrar do quanto eu amo ouvir vocês rirem juntos. Quero lembrar dos nossos castelos de madeira e dos aniversários de brinquedos que fazemos aqui na sala.

Pensar em como eu era antes de vocês, me fez ligar o sinal de alerta sobre tudo que eu não lembro de como eu era. Por pura falta de atenção. Por esquecer que é no presente que vivemos e não no futuro, muito menos no passado.

E mais uma vez eu aprendendo com vocês e me surpreendendo cada dia mais. Eu não lembro bem como eu era antes de vocês, mas não quero me esquecer jamais em como sou em cada fase junto com vocês!

Beijos,