Contrações de Braxton-Hicks

13 de jul de 2011

Ontem recebi um e-mail de uma amiga contando que com aproximadamente 20 semanas de gestação teve essas tais contrações de Braxton-Hicks. Ela me disse que ficou muito preocupada, pois não sabia o que era e só depois que conheceu sobre o assunto que se acalmou.

Eu, como boa curiosa que sou, fui logo pesquisar sobre o assunto e resolvi compartilhar com vocês.

Afinal, o que são as contrações de Braxton-Hicks?

São contrações falsas, onde os músculos da barriga se enrijecem durante 30 a 60 segundos, surgem involuntariamnete e costumam ser indolores. Os especialistas acreditam que elas sejam uma espécie de treino do corpo para o trabalho de parto. Alguns acham que elas colaboram para o processo de “apagamento” do colo do útero (que vai ficando mais fino) e para a dilatação. As contrações de treinamento, como também podem ser chamadas, costumam ser sentidas a partir de 16 semanas, ou bem mais tarde. Mas também é normal não sentir essas contrações nenhuma vez.

Qual a diferença entre as contrações de treinamento e as de trabalho de parto?

Contrações de treinamento
– Acontecem só algumas vezes por dia, e não mais que duas vezes por hora.
– Normalmente param quando você muda de atividade. Se você passou muito tempo sentada, levante-se e caminhe. Se ficou muito tempo de pé, sente-se ou deite-se.
– São irregulares, não pegam ritmo. Ou, se pegam, é só por um período curto.
– Não são muito compridas: duram menos de um minuto.
– Não vão aumentando de intensidade.
– Podem atingir só uma parte da barriga
– Podem ser deflagradas pelos movimentos ou pela posição do bebê

Contrações do trabalho de parto

– Mais compridas: a barriga fica dura por mais tempo.
– Mais regulares.
– Mais doloridas.
– Não param de vir. Cada uma que vem é mais forte que a outra, e o intervalo entre elas vai ficando cada vez menos.
– Não melhoram se você mudar de atividade.
– Atingem a barriga inteira e às vezes as costas.
– Não dependem da posição ou da movimentação do bebê.

Quando devo me preocupar com as contrações?

Procure atendimento médico se:
Para quem está com menos de 37 semanas
– Se a contração for acompanhada de secreção vaginal parecida com água ou sangue. Podem ser sintomas de rompimento da bolsa ou de problemas com a placenta.
– Se sentir mais de três ou quatro contrações em uma hora, ou se elas estiverem vindo em intervalos regulares. Pode ser sinal de trabalho de parto prematuro.
Para quem está com 37 semanas ou mais
– Você só precisa procurar o médico quando suas contrações durarem cerca de 60 segundos cada uma e acontecerem a um intervalo de cinco em cinco minutos, tirando as mulheres com histórico de parto rápido ou que morem muito longe do hospital. Nesses casos, é melhor procurar orientação se as contrações estiverem regulares, independentemente do intervalo.
(Fonte: Baby Center)

E aí, gostaram? Eu achei super interessante saber, mesmo porque as vezes tenho algumas sensações estranhas, com um pouco de dor e a barriga fica bem dura, acho que agora descobri o que são.
Beijos,