Cortes de cabelo para grávidas!

05 de jul de 2011

Vocês já repararam que muitas gestantes, quando estão quase pra ter nenê, cortam o cabelo? Eu já tinha percebido isso antes de engravidar e depois que fiquei grávida observei que isso é muito comum.

Perguntando para muitas dessas futuras mamães, constatei a mesma preocupação: “Como vou cuidar do meu cabelo depois que meu bebê nascer? Então resolvi cortar pra facilitar!”
Pensando nisso fui pesquisar quais seriam os cortes ideais para nós, grávidas e encontrei várias contradições, como cabeleireiros falando para não cortarmos franja, outros falando que as franjas são ideais, uns falando que os curtos são mais práticos, outros que não são tão práticos assim, já que é necessário manutenção de corte sempre, enfim, muitas opiniões diferentes.
Minha conclusão é de que não importa se seu cabelo é liso ou enrolado, curto ou comprido, você deve procurar um corte que considere fácil de cuidar e ajeite seu cabelo da melhor forma.
Meu cabelo é bem enrolado, então ele gera um cuidado especial, hidratações semanais e um tempo de pelo menos meia hora pra ficar pronto quando tomo banho. Sei que quando o  Vítor nascer não terei todo esse tempo disponível e ainda to estudando qual a melhor forma de mantê-lo bonito depois que o Vítor chegar. Por enquanto ele está levemente repicado nas pontas, cortado em U e um pouco abaixo dos ombros.
Algumas dicas para quando for cortar o cabelo:
– Converse bastante com seu cabeleireiro antes e explique que você quer um corte que não te de trabalho no dia-a-dia.
– Como regra geral, o cabelo prático é aquele que você pode prender para disfarçar os fios sujos, ressecados ou sem corte. 
Curto: só vale a pena se for desconectado, com as pontas superdesfiadas com tesoura ou navalha, o que ainda imprime ousadia e liberta da preocupação de deixar os fios alinhados.
Médio: o comprimento nos ombros é o mais aconselhável para quem é mãe, já que dá para fazer todo tipo de penteado: coque, trança, rabo de cavalo – curingas para aqueles dias em que não dá tempo de lavar a cabeça. Para ficar atual, a base deve ser reta e o comprimento, repicado, feito com as mechas a 45 graus e começando na altura do nariz. Esse picote confere um ondulado suave e volume sob medida quando os fios secam ao natural, só com um leave-in.
Longo: esqueça o corte geométrico, feito em linhas retas, a não ser que você queira bater ponto no salão a cada 15 dias! O segredo do sucesso é cortar as mechas, levantando-as a 90 graus, e começar a tosar a partir do queixo.
E aí, gostaram das dicas?? Já pensaram em o que farão nos cabelos para facilitar a vida?
Beijos