Erro inato do metabolismo: relato

10 de jul de 2015

A história de hoje é da Aline Cardoso Freire

—-

Em 1999 descobri que estava grávida tinha 16anos meu namorado atual marido tinha 22 anos, o que fazer como contar pra minha família isso,foi difícil mas contamos.No primeiro momento foi um choque para todos,mas depois do susto tivemos todo o apoio.

Comecei a fazer pré-natal completo,todos os exames ,ecografia tudo normal com meu bebê.

Descobrimos que no meu ventre tínhamos um menino que chamamos de Lucas,na madrugada de sábado para domingo comecei a sentir contrações e meu esposo junto com meus pais me levaram para o hospital Moinhos de Vento/RS.

Já no hospital me examinaram e constataram que estava apenas com 2 dedos de dilatação,me mandaram caminhar,não resolveu…me colocaram no soro e nada,então meu médico chegou e resolveu fazer uma cesárea(eu queria parto normal),me prepararam e fui para a sala de parto com meu esposo e no dia 26/09/1999 ás 12:06 meu menino lindo veio ao mundo pesando 3,130 e 49cm,uma criança linda.

Ficamos 3 dias no hospital meu filho mamando como uma criança normal,ao retornar para a nossa casa,meu bebê agindo normal.Mas após 15 dias em casa,ele teve uma crise de hipotermia e corremos para o hospital,chegando lá ele foi direto para a incubadora e começaram os exames e nada foi descoberto.Ele ficou uma semana no hospital Padre Jeremias e foi transferido para a UTI Neonatal da Santa Casa de Misericórdia/RS.Chegando lá escutei pela primeira vez que o estado do meu filho era muito grave e que seria difícil ele sobreviver,meu mundo desabou sobre mim,mas aquele menino era mais forte que todos nós,foram 72 dias de Uti com direito a cirurgias e todos os tipos de exames.E no dia 24/12/1999 escutei da médica o que esperava a muitos meses que meu Lucas estava de alta que poderia trazer ele de volta para nossa casa.

Foi o melhor Natal da minha vida.

Ele retornou para casa com sonda para se alimentar, teve que reaprender a sugar, a chorar como se fosse um recém nascido,mas minha família sempre do meu lado me apoiando e ajudando,mas essa alegria de ter ele junto comigo novamente em casa durou apenas 1 mês e meio,pois no dia 09/02/2000 meu filho amado teve uma parada respiratória em casa e retornou para o hospital e começou tudo de novo mas eu nunca perdi a ESPERANÇA,só que infelizmente no dia 22/03/2000 meu filho voltou a ser um Anjo,ele teve falência múltipla dos órgãos e as 11:05 escutei a pior coisa da minha vida que meu filho estava morto.

Depois de escutar isso surtei e quase fiz uma besteira, mas como sempre tive o apoio da minha família e fizemos tudo que precisava, nunca imaginei que um dia passaria por isso velar e enterrar um filho, a pior coisa que passei na minha vida.

Mas meu filho jamais saiu da minha memória e muito menos do meu coração, e depois da partida do meu filho foi constatado ERRO INATO DO METABOLISMO, por eu ser prima de terceiro grau do meu esposo. Depois que soube disso tive medo de engravidar novamente e passar por tudo aquilo novamente e perder a batalha mais uma vez.

Os anos se passarão exatamente 13 anos da perda do meu primogênito, no dia 23/02/2012 descobri que estava grávida novamente foi uma mistura de sentimentos medo com alegria,não sei explicar,a primeira pessoa a saber foi meu esposo e parecíamos duas crianças chorando de felicidades,após todo o choro contamos para meus pais e para toda a família,foi uma felicidade para todos.

Ai vieram as preocupações e perguntas… Será que vai acontecer tudo de novo…

Comecei meu pré-natal com um mês de gestação foram muitas consultas,exames,ecografias e tudo certo com meu baby,e a curiosidade era para saber o sexo do meu baby…E enfim descobrimos que estava esperando uma menina que seria chamada de Anna Luiza.

Os meses se passaram e minha filha estava crescendo a cada dia, a médica tinha me alertado que meu colo de útero estava fechado que não tinha com ser parto normal, lá fomos nós para a cesárea de novo, e no dia 26/10/2012 ás 11:51 minha princesa veio ao mundo pesando 3,840 e 50 cm,muito linda,cheia de saúde e trazendo felicidades para todos,principalmente para mim e seu pai.

Alta do hospital retorna para a casa.

Hoje minha gatinha está com 2 anos e 8 meses,muito saudável graças a Deus,enchendo minha casa e minha vida de alegria.

Meu anjo Lucas jamais será esquecido!!!

Essa é minha história, por um lado triste e por outro muito feliz.

erro inato do metabolismo

Beijos,