Introdução a alimentação da Mariah

24 de set de 2014

A última vez que fui ao pediatra, quando ela completou 5 meses, ele pediu para eu observar se ela estaria pronta para começar a comer frutas uns dias antes da próxima consulta. Isso porque ele queria que eu desse uma fruta por dia para ver a reação dela e poder contar à ele.

Quando faltava uns 10 dias para ela completar 6 meses comecei a observar se ela já ficava bem sentadinha no cadeirão, se demonstrava querer comer e tudo mais. Faltando 5 dias decidi tentar. Confesso que eu estava muito ansiosa pra esse momento, com certeza mais que ela.

Muito diferente do Vítor, que parecia nem saber o que era comida, ela sempre olhou com curiosidade e sempre tentava pegar as coisas e por na boca. então o dia que a coloquei no cadeirão para comer foi a maior festa.

Decidi dar uma banana inteira na mão dela e ver a reação. Tem até uma nova técnica de introdução de alimentos que cham “BLW”, que consiste em apresentar os alimentos em sua forma inteira para o bebê, mas não vou falar disso neste post. Eu queria mesmo era que ela sentisse a forma e a textura, além do sabor.

Outra coisa importante é dar o mesmo alimento por 3 dias seguidos, assim, se o bebê tiver qualquer alergia à ele, você perceberá!

A reação dela você podem ver no vídeo que eu gravei:

primeira fruta 1

Ela comeu meia banana no primeiro dia e um pouco menos nos outros. Depois que ela começou a comer me veio aquela sensação de que minha pequena já não é mais tão pequena assim, que mais uma etapa da vida dela se foi (a amamentação exclusiva) e que agora ela começa uma nova fase, cheia de descobertas e independência.

Apesar de ficar feliz de saber que conseguimos chegar até aqui e que agora terei um pouco mais de liberdade para fazer minhas coisas, também bate aquela sensação de “ela não é mais minha!” sabem? Sei que ela não é, mas amamentar exclusiva me dava essa sensação! Coisa doida de mãe, né?

Beijos,