[Leitora] Superando o que parecia insuperável!

07 de maio de 2012

Nome: Natália Mello

Em um ano podem acontecer muitas coisas,certo? Mas nunca imaginaria que em um ano,eu viveria  a dor de perder minha mãe e a felicidade de ser mãe.Já imaginou? Pois é,agora junta isso e imagina como é perder uma mãe,com a barriga de 6 meses? É,não dá pra imaginar,é uma verdadeira loucura,muitos sentimentos,um certo desespero,todos diziam”vai passar” e pra mim isso era bobagem,mas acreditem,passou! Hoje sinto saudade,vou sentir para o resto da vida…

Na época foi difícil, pensar que eu não teria minha mãe na fase mais importante da minha vida e como iria dizer pra minha filha quando ela perguntasse pela avó? Eram mil dúvidas de uma mãe de primeira viagem, uma imensa dor de perda e ao mesmo tempo a alegria de receber um bebê. Medo,muito medo. De não conseguir ser feliz,de não estar preparada para ser mãe, de pensar que nunca mais iria voltar a sorrir. Mas isso mudou. Com ajuda do meu marido, do meu pai, minha família e de muita terapia, consegui resgatar a alegria de viver.

Na verdade minha vida mudou na sala de parto, o médico disse: “Sua filha é linda” e quando abri os olhos, lá estava ela, linda, chorando e com o olhar mais puro que possa existir. Ela veio cheia de saúde,um pouco apressadinha e com as feições da vovó, nem acreditei! O nariz é igualzinho, os olhos nem se fala, parece que estou vendo uma miniatura da minha mãe.

Hoje com quase 10 meses,minha princesa é a razão do meu  viver e ela sabe que lá no céu, tem alguém que está sempre nos protegendo e nos amando.

Isso foi um pouco da minha vida no último ano. Escrevi muito MÃE no texto, é que essa é a palavra mais bonita da minha vida!

Beijos