Medo infantil

28 de out de 2013

Ter medo é inato do homem, tudo que é desconhecido causa medo, insegurança. Por isso que as crianças, que estão em plena fase de descobertas, tem medo de tudo! Qualquer coisa nova que aconteça gera insegurança!

medo infantil

Mas como lidar com o medo infantil?

É exatamente por isso que tenho passado ultimamente! Vítor tem tido medo de muitas coisas, como por exemplo de trator, escuro, aranha entre outras coisas. Nas primeiras vezes, quando ele me disse que estava com medo, fiquei sem reação, sem saber o que fazer e acabava falando “não precisa ter medo Vítor”.

Percebi que não era uma boa ideia reforçar a palavra medo na minha frase, então mudei de tática e comecei a falar “Vítor, mamãe está aqui, você está seguro, pode ficar tranquilo!” No caso do trator, da aranha e coisas que possam gerar algum mal pra ele (imagina ele pensar que não precisa ter medo e correr em direção a um trator!!! Bate na madeira), eu continuo a frase dizendo que é preciso ter cuidado, se manter longe, para que fique seguro.

No começo desses medos, ele não conseguia se expressar muito bem, então a conversa parava por aí. Agora eu pergunto por que ele tem medo, o que faz com quem ele fique inseguro e deixo que ele diga o que está causando a insegurança. Nunca debocho dele, mesmo sendo uma coisa insignificante, pois isso pode fazer com que aumente o medo e ele não expresse isso.

Sinceramente, acredito que o medo maior é meu quando se trata desse assunto. Fico preocupada dele ficar traumatizado com alguma coisa, com um medo tão grande que cause pavor mesmo. em alguns casos ele chegou a chorar dizendo que estava com medo e isso me preocupou muito.

De novo lá estou eu, como mãe, tentando entender meu filho e agir da melhor forma possível para que ele passe pro isso sem maiores problemas e entenda que a insegurança faz parte da vida. Ela é até positiva, pois é o medo que nos faz parar antes de agir e pensar se devemos mesmo, mas na idade dele, tudo isso é bem complexo, né?

Será que toda criança passa por isso? Como saber se o medo está normal ou excessivo? Pedi para a querida Dra Camila Macca, pediatra que escreve sempre aqui pro blog, falar mais sobre isso e este será o tema do artigo de quarta-feira, não percam! Gostei bastante da forma que ela escreveu e espero que vocês gostem também!

Quem já passou por isso?? O que fez??

Beijos,