O dia que eu cansei do meu filho

06 de fev de 2013

Porque eu achei que esse dia chegaria. Na verdade eu tinha certeza que em algum momento eu me cansaria dele. Cansaria do tipo “cansei de brincar, onde eu devolvo?”. Principalmente no começo, tão cansativo, tão cruel com as mães que estão tentando se adaptar a uma nova vida cheia de novidades!

Mas aí o tempo foi passando…

Eu esqueci de me cobrar sobre o amor de mãe que não aparecia, esqueci de observar se ele estava chegando e também de pensar que tinha me cansado do meu filho. E de repente parece que tudo tinha mudado dentro de mim.

O cansaço começou a se misturar com um amor intenso, que me deixava o tempo todo misturada na vontade de fugir, com a vontade de agarrá-lo e não soltar mais. Na verdade eu tentei fazer isso, diversas vezes, mas ele reclamou, reclamou. Acho que o apertei demais.

E me vi assim, completamente entregue a ele.

O dia que eu tinha certeza que chegaria, que eu largaria tudo, jogaria pro alto e falaria “pode levar!” não chegou! E se ainda virá? Dúvido! Agora ninguém mais me tira de perto do meu pequeno. E enquanto ele viver comigo, estará debaixo das minhas asas, até o dia que ele decidir que poderá voar sozinho.

Mas por enquanto não quero pensar nisso. 🙂

Beijos,