O dilema da chupeta

30 de out de 2011

Eu nunca tive problema em dar chupeta pras crianças, ainda mais porque eu mesma chupei até os 8 anos (simmm!!), mas depois que comecei com o blog e li muito sobre amamentação e o que a chupeta poderia acarretar, comecei a mudar de ideia.

Decidi então que não daria chupeta para o Vítor. Várias pessoas me falavam “Deixa ele começar a chorar que você vai mudar de ideia!”. Não fui radical e sempre falei que poderia acontecer, vai saber, né?

Agora que faz 15 dias que o Vítor nasceu o mais difícil sobre dar ou não chupeta, está sendo meu marido. Eu sei que ele vai me matar quando ler esse post, mas eu precisava escrever! Eu continuo não querendo dar chupeta. No primeiro dia que o Vítore veio para casa, ele chorou tanto que eu pedi para meu marido esterilizar a chupeta e coloquei na boca dele. Resultado: a cada 10 minutos a chupeta caia, ele abria o berreiro e eu passei a noite inteira, a cada 10 minutos, colocando a chupeta na boca dele. Além de não ter adiantado nada – a ideia era que ele dormisse e me deixasse dormir também – ainda me senti super culpada, uma péssima mãe por tentar fazer ele ficar quieto com a chupeta e não quis mais por.

Voltando ao assunto do meu marido, ele insiste em colocar, porque o Vítor tem dado muito trabalho a noite, além de não dormir ele chora e chora muito. Aí fica aquele dilema, eu não quero de jeito nenhum e ele quer de todo jeito! Já falei pra ele meu lado, pedi para ele ler sobre a amamentação e no que a chupeta pode causar, mas nada faz ele mudar de ideia. E isso vale pra mamadeira também, que ele já queria dar pro menino!

A mamadeira é totalmente fora de cogitação, já até achei ruim com ele e disse que ate os 6 meses é só o peito e depois vou tentar dar os copinhos de transição, mas sobre a chupeta não sei o que fazer. Pra ajudar o Vítor começou a chupar o dedo e nisso tive que concordar com ele, é mais fácil tirar a chupeta futuramente do que o dedo, né?

Enfim, estou aqui escrevendo pra que vocês palpitem, pois não sei o que fazer. Eu me sinto mal em pensar em dar a chupeta, sei lá, fico com a sensação de que vou tapar a boca dele do que tentar descobrir porque da choradeira.

Me ajudem meninas! O que eu faço? Deixo meu marido dar a chupeta ou continuo batendo o pé?

Beijos