Para as mães que trabalham fora

18 de jun de 2015

Seu filho nasceu e vai chegando a hora de terminar a licença-maternidade. O coração aperta, a vontade é de jogar tudo para o alto e ficar com ele, mas você sabe que precisa deste emprego e que não terá a opção de não trabalhar mais.

Aí dói, dói muito. Dá medo dele esquecer de você, de gostar mais da babá ou da funcionária do berçário. Dá medo de maltratarem seu filho e que algum mal lhe aconteça sem você estar por perto. É normal, claro! Ninguém no mundo terá mais amor do que você para ele. Mesmo assim, é possível encontrar pessoas boas pelo caminho, que cuidem do seu filho como se fossem delas.

Para você que passa por isso, saiba que nada fará seu bebê esquecer de você. A ligação entre mãe e filho é grande demais para ser esquecida, só porque agora eles terão que passar o dia com outra pessoa. Se você não tem opção e precisa trabalhar, sei que irá doer ficar tantas horas longe, mas não sofra com medo de esquecimento.

Eles irão sentir sua falta e logo se adaptarão a nova rotina, mas o reencontro no fim do dia fará com que o momento não seja só maravilhoso para você e sim para ele também, que por mais bem tratado que seja, saberá que agora está de volta para o aconchego da mãe.

O cheiro, a voz, o modo de andar e até de fazer carinho é único e eles sabem bem quem é a mãe deles no meio de tantas outras pessoas. Por isso, vá trabalhar com o coração em paz, quando você voltar ele estará te esperando cheio de saudades!

E quando crescer, entenderá que você fez tudo isso por ele!

Beijos,