Parto normal com 34 semanas

11 de abr de 2015

Relato de parto da Aline!!

No dia 06 de março de 2014, depois de 4 dias de atraso apenas, fiz um exame de farmácia e lá estavam as 2 listras que mudariam nossas vidas para sempre. Meu marido e eu estávamos muito animados e felizes em saber que a partir dali seriamos três.

Comecei meu pré-natal e logo na primeira consulta falei para minha médica: “Quero ter parto cesárea”, não por medo da dor em si, mas sempre me considerei muito fraca e então tinha medo de não aguentar até o final e de que por isso algo acontecesse com meu bebê. Minha médica respeitou minha vontade e seguimos assim com essa decisão tomada. A data prevista para o parto era 15 de novembro.

Apesar de a gravidez ser um momento de muitos medos e incertezas, a cada consulta e ultrassom a notícia de que estava tudo bem comigo e minha bebê, isso mesmo eu estava esperando uma menina, me deixava muito aliviada, pelo menos até a próxima ultrassom. Os meses passavam e minha ansiedade só aumentava.

Tudo corria bem, até que no dia 24 de setembro – dia em que eu teria minha consulta de pré-natal do mês – acordei sentindo dor, mas achei que era normal já que eu já tinha sentido um pouco de dor antes. Tomei meu café e segui para minha consulta, e aquela dor lá comigo. Nesse dia meu esposo me encontraria no hospital.

Enquanto eu aguardava minha vez, as dores começaram a ficar mais fortes e notei que elas estavam ritmadas vindo a cada 10 minutos. Naquele momento senti medo. Finalmente fui chamada e a primeira coisa que falei para a médica foi que tinha alguma coisa errada pois eu estava sentindo muita dor. Quando ela me examinou veio a notícia:

— “Você está com 1 cm de dilatação. Vamos ter que internar e entrar com medicação para segurar a bebê!”

— “Como assim dilatação? Não pode ser eu acabei de completar 33 semanas”!

Nesse momento meu esposo chegou e ficou desesperado assim como eu. Passei o dia internada tomando medicação para cortar as contrações, mas ao contrário disso elas viam mais fortes e com intervalos cada vez menores. As 18:30 a médica voltou a fazer o exame e eu já estava com 6 cm de dilatação, não tinha jeito minha bebê viria ao mundo naquela noite. Tudo que eu conseguia pensar era que ela não estava pronta, só o que eu pude fazer foi pedir a Deus para que tudo corresse bem.

As 20:00 eu estava com 10 cm de dilatação e minha médica – sabendo da minha decisão por cesárea – foi bem sincera comigo; falou que havia um grande risco da minha filha ficar na UTI, mas que o parto normal seria uma forma de estimular o pulmãozinho dela e evitar que isso acontecesse. Nesse momento não tive dúvida, falei vamos lá, vamos fazer o parto normal. Abandonei todo meu medo por que eu sabia que minha princesinha precisava muito de mim.

As 21:00 entrei na sala de parto e as 21:33 minha filha nasceu de parto normal com 2180 kg e 46 cm, respirando perfeitamente e sem nenhuma complicação, apenas ficou em observação por 3 horas e depois foi direto para o quarto comigo. Doeu muito mas valeu a pena. Quando minha médica foi no quarto e ela me afirmou que se não tivesse sido parto normal minha filha provavelmente iria para a UTI.

Hoje minha bebê tem 4 meses e ninguém acredita quando falo que ela nasceu prematura. Mama muito e é super saudável. Quando paro e lembro de como tudo aconteceu nem acredito que superei meu medo, mas hoje sei que em uma futura gravidez com certeza optarei por parto normal e durante toda a gestação que me preparar para que esse momento seja o mais feliz possível!

parto normal com 34 semanas

Beijos,