Ser mãe é…

25 de nov de 2013

Ser mãe é…

  1. Querer que os filhos durmam, mas quando isso acontece, ficar morrendo de saudades;
  2. Trocar a roupa da moda por um novo brinquedo;
  3. Entender que não precisa ser perfeita em tudo;
  4. Pensar que essa foi a maior e a melhor loucura que você já cometeu na vida;
  5. Errar de vez em quando, mesmo tentando acertar;
  6. Aprender que não se deve julgar o comportamento de outras mães;
  7. Rever seus conceitos, atitudes e pensamentos;
  8. Querer ter uma vida melhor, para poder oferecer coisas melhores aos filhos;
  9. Trabalhar 24h, sem descanso ou remuneração e mesmo assim saber que vale a pena;
  10. Perceber que dá muito mais trabalho e muito mais alegria do que você imaginaria;
  11. Dividir o prato de comida, o copo de suco, a vida, o mundo;
  12. Sentir culpa de coisas que antes nem sabia que seriam possíveis;
  13. Saber que você aprende muito mais do que ensina;
  14. Perceber que os filhos cresceram, mas fingir que não viu;
  15. Dar-se por completo, sem querer nada em troca;
  16. Entender que ter 5 minutos de tranquilidade para comer alguma coisa faz toda diferença;
  17. Saber que os filhos são do mundo, mas querer tê-los sempre por perto;
  18. Pensar primeiro nos filhos para depois pensar em si;
  19. Perceber que quatro horas de sono ininterruptos podem ser o melhor acontecimento da semana;
  20. Notar que as coisas que sua mãe falava sobre a maternidade não eram exageros;
  21. Falar só sobre filhos, não importa com quem seja;
  22. Esquecer, de vez em quando, que também é mulher;
  23. Adorar quando escuta um elogio a seus filhos;
  24. Se emocionar com cada conquista que eles acalçarem;
  25. Virar uma leoa sempre que precisar;
  26. Ter mais de um pediatra para poder comparar opiniões;
  27. Aprender a dar valor as pequenas coisas do dia a dia;
  28. Não se lembrar mais de como era a vida sem filhos;
  29. Se reinventar todos os dias;
  30. Planejar o futuro muito mais do que antes;
  31. Querer voltar no tempo;
  32. Ter saudades dos momentos de hoje por saber que eles não voltam mais;
  33. Ter medo de morrer e não ver os filhos crescerem;
  34. Querer que o tempo pare um pouquinho todos os dias;
  35. Entender amor de mãe é mesmo a maior coisa que existe;
  36. Viver cansada, mas viver feliz;
  37. Dar valor ao que sua mãe fazia por você;
  38. Amar, amar e amar… eternamente;
  39. Pensar em porque não se tornou mãe antes;
  40. A melhor coisa que existe;
  41. Morrer de amor e continuar vivendo!

É ou não é? 🙂

Beijos,