Ser mãe é… o que?

11 de jul de 2012

– Comprar mil roupinhas pro filho e só depois lembrar que quem estava precisando de roupas novas era ela;

– Rezar para que o filho durma e quando ele dorme, rezar para que ele acorde logo;

– Cantarolar músicas infantis o tempo inteiro, mesmo quando o filho não está por perto;

– Olhar para o bebê inúmeras vezes e mal acreditar que ele realmente existe;

– Aprender a cozinhar, dar banho, trocar roupa e tudo que jamais soube fazer;

– Perceber que agora o mundo gira em torno de um único ser;

– Querer saber o tempo todo se a cria está bem quando está longe;

– Chorar de desespero, de cansaço, mas esquecer de tudo quando vê aquele sorriso que só os filhos sabem dar;

– Tornar o assunto “filhos” o mais interessante do mundo;

– Perder alguns amigos e ganhar muitos outros por conta disso;

– Agarrar, apertar, morder;

– Amar o cheiro de chulé daqueles pézinhos;

– Saber ser esposa/mulher/funcionária/mãe tudo ao mesmo tempo;

– Querer livrar o filho de todo mal, mesmo sabendo que isso é impossível;

– Descobrir que o amor não vem de uma vez, que ele chega aos pouquinhos e cresce exponencialmente com o passar do tempo.

Enfim, ser mãe é tudo aquilo e muito mais do que imaginamos, é mágico, é sofrido, mas acima de tudo, é maravilhoso!

E que venham os próximos! 🙂

Beijos