O que me faz falta da vida de antes

24 de ago de 2016

É claro que a vida muda quando nos tornamos mães. Que ela vira do avesso e a gente pode até demorar um pouco para se encontrar, mas descobre que mundo lindo que é ter filhos!

Mesmo assim, em alguns momentos, a gente lembra de como era antes deles e sim, é normal sentir saudades de algumas coisas.

Design by Pixabay

Design by Pixabay

Eu sou dessas que mal lembro como era antes, mas tem uma coisa que não me esqueço: o tempo que era só meu. Como eu fazia questão de ficar momentos completamente sozinha para fazer o que eu quisesse. Talvez por ter morado por muitos anos comigo mesma, também me acostumei a fazer as coisas com calma, no meu tempo.

Hoje não tenho mais isso. O tempo é curto e tudo tem que ser cronometrado para encaixar nas 24h do dia. Se vou comer um lanche a tarde, preciso pensar quanto tempo vou gastar e o que precisará estar pronto até aquele momento.

É meio chato ter tudo tão cronometrado. Ter que fazer tudo no seu tempo. Mas foi desta forma que consegui equilibrar – quase – todos os meus pratos como mãe, dona de casa,profissional, esposa e mulher. Sim, nesta ordem.

Quando a maternidade chega, a gente tem que escolher de que forma quer encará-la e não adianta olhar pra janela da vizinha e achar que o modelo dela vai se encaixar com o seu. Em cada família funciona de um jeito.

Se você se sente perdida, sem saber como por tudo em ordem, anote tudo, veja as possibilidades reais e escolha uma delas. Não vai ser fácil, mas quando a gente racionaliza um pouco, fica menos pesado.

Eu vivo derrubando um dos meus pratos no chão e me sinto arrasada quando isso acontece. Mas vai adiantar chorar? Pois então, melhor recolher os cacos e colocar um prato novinho para recomeçar aquela função perdida.

Aqui tem funcionado assim. E aí?