Vida de tentante

23 de jul de 2013

Eu estou oficialmente nesta vida de tentante!

Eu nunca soube o que era ser uma tentante. Na verdade, como a gente passa a adolescência escutando que é um perigo engravidar, que perderíamos um montão de coisas na vida, nunca soube o outro lado, das mulheres que querem, podem, mas não conseguem ter filhos.

Quando eu planejei a gestação do Vítor, foi tudo tão rápido e já me vi grávida, que eu nem sabia distinguir se estava feliz ou triste com a notícia.

vida de tentante

Agora, com o segundo filho foi bem diferente. Decidimos que estava na hora de engravidar e eu pensei que fosse ser tudo bem rápido como com o Vítor. Passou o primeiro mês e nada, o segundo, terceiro e a minha ansiedade foi crescendo numa proporção que nunca imaginei.

Que sensação horrorosa de querer engravidar e não conseguir!

Estou há poucos meses nessa vida de tentante e já me sinto completamente enlouquecida. Tento não demonstrar para as outras pessoas, mas não paro de pensar nisso. Seja no dia que eu estarei fértil, contar quantos dias antes e depois. Aí pensar no dia da menstruação, morrer de ansiedade pra ela chegar de uma vez ou não vim. Fazer teste de farmácia e ficar extremamente frustrada com o negativo.

Já me peguei rezando pro teste e pedindo por favor para aparecer a segunda listrinha. Já revirei ele de todos os jeitos pra ver se, por acaso, ela não tinha aparecido sem querer e eu que não consegui enxergar. Já joguei no lixo e peguei de novo pra ver se,quem sabe, ela não resolveu aparecer.

É angustiante esta situação, demais! Juro que não quero passar por isso de novo, mais um mês, mais uma situação assim, não dá, não aguento. Como vocês conseguem?? Faz quanto tempo que estão tentando? Acredito muito que as coisas acontecem como tem que ser, mas o que fazer com tamanha ansiedade?

Beijos,