Você sente culpa do que?

02 de ago de 2012

Acredito que em algum momento – ou em todos – as mães sentirão culpa por qualquer motivo. Isso porque estamos sempre tentando ser perfeitas e quando não somos – ou pensamos que não somos –  a culpa vem com tudo.

Muito mais do que qualquer pitaco de alguém, a nossa consciência faz um serviço muito mais pesado e dolorido.

Eu ando sofrendo de culpa por antecedência – um erro, eu sei. Já contei para vocês em algum post passado que estou com um problema de saúde e o único tratamento que me restou, depois de tentar todos os outros, é um no qual não poderei amamentar porque os remédios passam pro leite.

Eu amo amamentar! Amo ver meu filho querendo o peito, saber que estou dando a melhor coisa do mundo pra ele e mesmo quando sinto dor, quando ele morde, quando sinto frio ou qualquer outro desconforto, me sinto feliz de saber que estou me superando para dar o melhor ao meu filho.

Bom, aí entra a culpa. Culpa porque o médico e minha família querem que eu pare de amamentar para iniciar o tratamento. Ok, eu sei que preciso mesmo me cuidar, que o Vítor precisa da mãe dele bem de saúde, mas fico o tempo todo pensando que vou cortar esse bem tão precioso do meu filho. Será que o tempo que eu estou dando o mamá será suficiente? Será que ele terá uma saúde de ferro? Será que se eu esperar um pouco mais fará muita diferença pra ele? E pra mim, pra minha saúde?

Ninguém precisa me dizer que eu sou uma péssima mãe por parar de dar o mamá (mesmo achando que ninguém faria isso!), eu mesma estou me sentindo mal, estou brava por ter tido todo esse problema e agora ter que abrir mão da amamentação.

Sei que essa não foi a primeira e nem será a última vez que sentirei culpa por alguma coisa em relação ao meu filho. E estou tentando tirar uma lição disso: não podemos nos culpar tanto, nem sermos inflexíveis, afinal, estamos dando nosso melhor para eles, né?

E vocês, do que sentem culpa?

Beijos,